Jornal do Brasil

Internacional

Discoteca na Itália estava 60% acima da capacidade

Boate vendeu 1,4 mil ingressos, com capacidade para 870 pessoas

Jornal do Brasil

A chefe do Ministério Público de Ancona, Monica Garulli, revelou que 1,4 mil ingressos haviam sido vendidos para o show do rapper Sfera Ebbasta na discoteca "Lanterna Azzurra", cuja capacidade é de cerca de 870 pessoas. O número de entradas comercializadas é 60% maior que o permitido.

Cinco adolescentes e uma mãe morreram e mais de 100 indivíduos ficaram feridos em uma confusão supostamente provocada por spray de pimenta na madrugada deste sábado (8). Ainda não se sabe exatamente quantas pessoas estavam na boate no momento do show, mas o número de ingressos vendidos e relatos de testemunhas levantam a hipótese de superlotação.

"Os bilhetes vendidos são cerca de 1,4 mil, frente a uma capacidade de cerca de 870 pessoas", declarou Garulli, que também investiga a causa "geradora da onda de pânico que levou centenas de jovens a tentar sair da discoteca". "Falou-se de um recipiente de spray urticante", disse.

>> Única vítima adulta de discoteca na Itália deixa 4 filhos

 

>> Governo deve agir, diz premier italiano após mortes em boate

 

>> 'Nada mudou', diz mulher pisoteada em Turim

>> Sfera Ebbasta, 'rei do trap' e ídolo dos jovens italianos