'The Telegraph': Impeachment causa crise diplomática na América Latina

Chanceler brasileiro diz que a Venezuela não tem moral para falar em democracia

Matéria publicada nesta sexta-feira (2) pelo jornal britânico The Telegraph conta que o impeachment de Dilma Rousseff já está causando uma crise diplomática na América Latina.

De acordo com a reportagem, a Venezuela, o Equador e a Bolívia retiraram seus embaixadores do Brasil em protesto a cassação da presidente.

The Telegraph diz que o governo brasileiro aproveitou para retaliar, e retirou seus embaixadores dos três países, que hoje representam o centro da esquerda no continente.

> > The Telegraph Rousseff impeachment kicks off diplomatic crisis within Latin American left

O jornal acrescenta em seu texto que o Itamaraty enviou se seguinte mensagem para a Venezuela: “O governo venezuelano não tem autoridade moral para falar sobre a democracia, já que não adota um regime democrático”, disse o chanceler José Serra.

Serra disse também que “A Venezuela tem prisioneiros políticos. Um país que tem prisioneiros políticos não vive em uma democracia.”

Leia também

> > 'The New Yorker': O Brasil após Dilma Rousseff

> > 'Time': Impeachment de Dilma é início da crise do Brasil, não o fim

> > 'Clarín': Macri e Xi Jinping discutem investimentos da China na Argentina

> > 'Clarín': Os desafios que Temer já enfrenta