Morre Cesária Évora, cantora africana quer marcou o mundo com 'Sodade'

Faleceu neste sábado a cantora cabo-verdiana Cesária Évora. Aos 70 anos, ela estava internada em um hospital de Mindelo, em Cabo Verde, desde a noite de sexta-feira (17), devido a uma insuficiência respiratória. Cesária já havia sido operada em Lisboa, depois de se sentir mal após uma apresentação.

A cantora deu entrada no hospital Baptista de Sousa, onde esteve internada na CTI "com um quadro muito complexo", alternando momentos de lucidez com momentos de inconsciência, sempre acompanhada do seu empresário José da Silva.

>> Pelo mundo, morte de Cesária Évora repercute no Twitter

A cantora já havia anunciado sua saída dos holofotes, em comum acordo com seu empresário, devido a problemas de saúde. Ela é  considerada a ‘embaixadora da morna’, música que transmite a melancolia das ilhas cabo-verdianas.

Évora lançou 24 discos ao longo de sua carreira e recebeu, em 2004, um Grammy por seu álbum ‘Voz D´Amor’.