Jornal do Brasil

Cultura

Estreia hoje o espetáculo "Para onde vão os corações partidos"

Jornal do Brasil MARIANA CAMARGO, Especial para o JB

Estreia hoje, no Teatro Ipanema, o espetáculo “Para onde vão os corações partidos”, da autora Cynthia Edul, com direção de Guilherme Piva e tradução de Sérgio Flaksman. No elenco, estão Clara de Andrade, Cristina Amadeo, Julia Dalavia e João Pedro Zappa. A atriz Cristina Amadeo, idealizadora do projeto, não se intimidou diante da crise que se abate também sobre o teatro carioca. A atriz arregaçou as mangas e, munida pela paixão ao teatro, foi à luta para produzir e trazer pela primeira vez ao Brasil um texto da renomada autora e diretora argentina Cynthia Edul.

Amadeo conta sobre o esforço de produzir a peça através do financiamento coletivo do site Vakinha: “Me questiono se fiz o certo, fazer crowdfunding e produzir com o apoio, a ajuda de alguns, foi uma saída emergencial. A produção de teatro não deveria depender disto somente, precisamos de políticas públicas que incentivem a cultura. Precisamos do teatro existindo, vivo!”.

Macaque in the trees
A cenografia bonita e enxuta assinada por Bia Junqueira contribui para ressaltar o texto, como acontece com as mudanças na iluminação dando o tom das passagens de tempo (Foto: Marcos Tristão)

A peça se passa numa praia, ambientada em cenário de Bia Junqueira, a cenografia bonita e enxuta funciona para ressaltar o texto, intenso e prosaico ao mesmo tempo. O céu nublado, que se modifica com a iluminação de Renato Machado, dá vivacidade ao dia que transcorre numa aparente indolência praiana com apenas um grupo de garotos que joga uma partida de futebol. Silvana (Cristina Amadeo) e seus três filhos, Marina (Clara de Andrade), Santiago (João Pedro Zappa) e Agustina (Julia Dalavia) chegam a uma praia em que, por muitos anos, passaram férias com o pai, agora falecido, e com as vidas transformadas.

Neste ambiente tão familiar, observamos as relações entre os personagens, suas inquietações que, por anos, permaneceram guardadas e a busca por lembranças de um tempo de felicidade que parece não mais existir.

Amadeo completa: “Essa peça fala de memórias, laços, laços familiares e cuidado. Estamos desesperadamente precisando uns dos outros para vivermos com alguma dignidade. Precisamos olhar para o melhor do outro. É sobre o tal do amor mesmo. Mas é aí é que mora o perigo! Amor não paga contas. Amor faz a gente pagar as contas com alegria, inteligência e delicadeza. Esse projeto é patrocinado com dinheiro do público, aliás, quase igual a uma peça incentivada pela Lei Rouanet”.

__________

SERVIÇO

PARA ONDE VÃO OS CORAÇÕES PARTIDOS. Teatro Ipanema (Rua Prudente de Morais, 824 – Ipanema; Tel.: 2267-3750). Texto de Cynthia Edul, com tradução de Sérgio Flaksman. Sáb. a seg., às 20h30 - Até 4/11 - Ingresso: R$ 40

___________

CONFIRA outras estreias teatrais

__________



Recomendadas para você