Jornal do Brasil

Quarta-feira, 22 de Novembro de 2017

País

Odebrecht presenteava José Serra com caixas de vinhos caros

Gastos superaram os R$ 100 mil, afirma delator e ex-presidente da empreiteira

Jornal do Brasil

O ex-presidente da Odebrecht Pedro Novis afirmou, em depoimento de delação premiada no âmbito da Operação Lava Jato, que presenteou com recursos da empreiteira o senador José Serra (PSDB-SP) com vinhos caros entre 2007 e 2011. O executivo contou ter gasto, à época, pouco mais de R$ 100 mil com os vinhos para o senador.

Segundo Novis, as "lembranças", como ele ressaltou, era entregues na casa de José Serra, sobretudo em datas especiais, como no seu aniversário, comemorado em 19 de março. Apenas em um dos aniversários o tucano teria recebido caixas de vinho que somariam mais de R$ 15 mil em valores não atualizados.

"Eu tinha o hábito de mandar todo ano uma caixa de vinho no aniversário dele. Ele era casado com uma pessoa muito simpática, a Monica, chilena, e eu mandava caixas de vinho chileno", afirmou o ex-presidente da Odebrecht.

"Lembranças" para José Serra totalizam mais de R$ 100 mil, em valores não atualizados
"Lembranças" para José Serra totalizam mais de R$ 100 mil, em valores não atualizados

>> Odebrecht: José Serra recebeu R$ 23 milhões via caixa dois

>> Ronaldo Cezar Coelho admite repasse na Suíça em 2010

>> A malha fina, a Odebrecht e a campanha de Serra

>> Ex-diretor do Dersa procura advogados para fazer delação sobre governos Alckmin e Serra

>> Delator da Odebrecht entrega bancos e contas de repasses a Serra

Tags: PSDB, Petrobras, Vinho, delação, lava jato, presente, serra

Compartilhe: