Agenda: violinista russo, óperas e balés a caminho

Semana suavemente aquecida pela chegada de violinista russo, orquestras no palco, série aconchegante com músico talentoso em bairro charmoso, a série diária de concertos sempre perseverante,começo das temporadas de óperas e balés além do horizonte! Tanto enigma? Clica sempre na foto e a coluna conta tudo.  

OPES – A Orquestra Petrobrás Sinfônica tem agendado mais um concerto da Série Djanira no dia 3 de outubro,às 20h. Pela primeira vez regendo no palco do Theatro Municipal do Rio de Janeiro estará o spalla do conjunto e maestro assistente Felipe Prazeres e como convidado o violinista russo Boris Belkin, antigo discípulo de Isaac Stern, que será solista do belíssimo Concerto para Violino e Orquestra em Ré Maior Op.77 de J.Brahms. Antes a primeira audição mundial da Abertura Rio 2014 de Dmitri Cervo. Na segunda parte a Sinfonia nº4 em Si Bemol Maior Op. 60 de L.Beethoven. Informações: 2332-9191

OSB – A Orquestra Sinfônica Brasileira apresenta sua formação de cordas em concerto que será realizado dia 4,às 16h, na série Cidade das Artes,no Teatro de Câmara da Cidade das Artes. A orquestra de cordas escolheu um programa composto de três obras bem expressivas da literatura musical, como o Divertimento para Cordas em Ré Maior K-136 de W.Mozart, a Abertura da Suíte nº2 em Si Menor BWV 1067 de J.S.Bach tendo o solo do flautista Renato Axelrud,e para finalizar o Concerto para Violino e Oboé em Dó Menor BWV 1060R,como solistas o violinista Michel Bessler,que já foi spalla do conjunto e o oboísta José Francisco Gonçalves. Ingressos e informações: 4003-1212 e 3325-0102

RILDO – A série Instrumental Nova Vida convidou o arranjador,produtor musical, solista de harmônica e compositor Rildo Hora para fazer o próximo concerto no dia 7,às 19h30, da simpática série em Botafogo,com apresentações sempre lotadas.O músico pernambucano,nascido em Caruaru teve suas primeiras noções de música pelas mãos de sua mãe, chegando ao Rio de Janeiro em 1960,começando sua carreira tocando no  rádio.  Recebeu trinta discos de ouro,vinte e cinco de platina além de ter ganho cinco cobiçados Grammy Latinos por seu trabalho como produtor e arranjador. Rildo já tocou como gaitista em várias formações como duos, trios com músicos renomados como Luiz Eça, Mauro Senise, Sebastião Tapajós, Marco Pereira, Manoel da Conceição, Altamiro Carrilho, Marco Pereira, Sivuca, Fernando Merlino, Leandro Braga, Henrique Cazes,João Lyra assim como os maestros Cristóvão Bastos e Gilson Peranzetta com os quais o músico teve o prazer de dividir o palco em memoráveis recitais de música instrumental brasileira.Antes do concerto o já tradicional bate-papo com Téo Lima que é músico, produtor e diretor. A Banda da Casa também sobe ao palco da Nova Vida de Botafogo,na Rua General Polidoro,165. O local tem estacionamento e para todas as informações: 2541-0922  

MÚSICA NO MUSEU – A série de concertos diários oferece a oportunidade aos músicos que começam suas carreiras assim como conta com músicos experientes em sua programação. Hoje,às 12h30,no Museu Nacional de Belas Artes,recital do pianista  José Carlos Vasconcellos dos Reis com programa Alberto Nepomuceno, Henrique Oswald, Villa-Lobos, Rachmaninoff, Chopin e Liszt. Dia 3,às 12h30 no Centro Cultural Light grupo Bonde Carioca tocando clássicos brasileiros com ênfase em Dorival Caymmi. Dia 4,às 11h30,no Parque das Ruínas,recital com o violonista Vicente Miranda dedilhando os clássicos brasileiros. Dia 6,às 12h30,na Biblioteca Nacional, o violonista Marcos Brito apresenta um repertório de música brasileira. Dia 7,às 12h30,no Museu da República recital do violonista Diogo Oliveira com clássicos brasileiros. Dia 8,às 12h30,no Teatro II do Centro Cultural Banco do Brasil, pianista Paulo Francisco Paes, tocando obras de Bach, Alberto Nepomuceno,Villa-Lobos e Debussy. Como a coluna sempre informa,todos os concertos da série são realizados com entrada franca.

TEMPORADAS – Para os que viajam e para os que ficam na cidade,ótima oportunidade de acompanhar as temporadas do Metropolitan Opera House de Nova Iorque e do Balé Bolshoi de Moscou. Para informação dos leitores no dia 11 será apresentanda a ópera Macbeth de Giuseppe Verdi,com exibição ao vivo diretamente de Nova Iorque. Já para os que preferirem a dança,dias 18 e 19 será a vez da A Filha do Faraó,uma das mais notáveis produções do Bolshoi. Os ingressos já podem ser adquiridos através do site da UCI  www.ucicnemas.com.br 

CRIANÇAS - No mês das crianças a programação do Theatro Municipal para os pequenos é especial. A série Ópera ao Meio-Dia apresenta as versões das óperas no foyer do teatro. Dias 8,15,19,22 e 29 às 12h,são as récitas de João e Maria de Engelbert Humperdinck, um verdadeiro conto de fadas dos Irmãos Grimm. A versão com piano terá a direção geral de Bruno Furlanetto e conta com a participação de solistas do Coro do Theatro Municipal do Rio de Janeiro,dirigidos por Jésus Figueiredo. Copélia com música de Léo Delibes e coreografia de Enrique Martinez é o balé escolhido para montagem com coreografia de Dalal Achcar e direção artística de Sergio Lobato,nos dias 10,11,15,16,17,18 e 19 às 20h e dias 12 e 19 às 17h. Balé e Orquestra Sinfônica do Theatro Municipal do Rio de Janeiro e regente Tobias Volkmann. Informações: 2332-9191

Dica da Semana