Corpo de pai de Pedro Fernandes é encontrado

Candidato ao governo pelo PDT trará as cinzas de José Ubirajara ao Rio

Desaparecido desde o dia 27 de julho, quando pilotava um avião de pequeno porte, o corpo do piloto José Ubirajara Moreira da Silva, 77 anos, pai de Pedro Fernandes, candidato ao governo do Rio de Janeiro pelo PDT, foi identificado ontem, por meio das impressões digitais, pelos peritos do Instituto Médico Legal (IML) do Balneário Camboriú, em Santa Catarina. Encontrado por pescadores e resgatado por bombeiros no último sábado no mar de Itajaí, o corpo será liberado hoje pelo IML de Camboriú.  Em seguida, irá para o Crematório de Camboriú. As  cinzas serão trazidas por Pedro Fernandes para o Rio, onde amanhã haverá uma missa na Igreja da Nossa Senhora da Apreciação, no Irajá. 

Os peritos confrontaram dados do Rio Grande do Sul para fazer o reconhecimento. Pedro Fernandes foi ao IML e, no fim da manhã de ontem, autorizou a liberalização do corpo. “Quero agradecer o carinho e a oração das pessoas. Todo o apoio que eu e minha família recebemos neste período todo foi muito importante”, afirmou o deputado.

A bandeira do Rio Grande do Sul e uma camiseta do aeroclube facilitaram a identificação do corpo, que já se encontrava em alto estado de decomposição, conforme informou o IML. A causa da morte só será esclarecida após a conclusão dos exames.

Ubirajava pilotava um avião Conquest 180, de pequeno porte, que teria caído no mar entre Itapema e Navegantes. litoral norte de Santa Catarina. A decolagem ocorreu em 27 de julho, na direção de Itanhaém, em São Paulo. As buscas envolveram voluntários, órgãos públicos e particulares.

Os trabalhos já haviam se encerrado nove dias depois do acidente, quando pescadores avistaram um corpo entre as praias de Cabeçudas e Atalaia, a cerca de 10 quilômetros da costa de Itajaí. Imediatamente os bombeiros foram acionados. Uma embarcação auxiliou as equipes a consumar o resgate.