Câmara de Vereadores faz homenagem pelo retorno do JORNAL DO BRASIL

A Câmara Municipal do Rio de Janeiro realizou, na noite desta sexta-feira (18), uma cerimônia em homenagem ao JORNAL DO BRASIL, que recebeu o Conjunto de Medalhas de Mérito Pedro Ernesto. A sessão contou com a presença do presidente do JB, Omar Resende Peres, que ressaltou a importância histórica do periódico e explicou a decisão de retornar com a edição impressa.

"Quando tomei a decisão de retornar às bancas, levei em conta o fato de que, apesar do crescimento da internet, nenhum jornal do mundo acabou com sua edição impressa", disse o presidente do JORNAL DO BRASIL. Resende Peres também aproveitou para definir a nova fase do JB. 

"Não somos de esquerda, direita ou centro. Somos o Jornal do Brasil. Somos a favor da livre iniciativa e contra os monopólios que se estabeleceram neste país as custas de lobbies". O presidente do JORNAL DO BRASIL também aproveitou para falar acerca da privatização da estatal Eletrobras: "Não somos contra privatização da Eletrobras. Somos contra a doação desse patrimônio".

A sessão foi iniciada com a execução do hino nacional e breve discurso do vereador Leonel Brizola Neto (PSOL), autor da iniciativa de homenagear o periódico. 

Discursaram também durante a solenidade os conselheiros do JORNAL DO BRASIL Octávio Costa e Wilson Cid; e os vice-presidentes Gilberto Menezes Côrtes e Antonio Carlos de Mello Afonso. O ex-prefeito Saturnino Braga também fez um pronunciamento. "Estávamos vivendo uma grande carência do JB", comentou. 

Saturnino ainda fez questão de elogiar o JORNAL DO BRASIL e seus colunistas. Disse ainda que a democracia e a liberdade no mundo depois do século XIX deve-se muito à mídia.

O vereador Leonel Brizola Neto destacou a importância do JORNAL DO BRASIL nas eleições de 1982 para o governo do Estado do Rio de Janeiro. À época, a empresa Proconsult, ligada ao Regime Militar, tentou fraudar as eleições a fim de impedir a vitória de Leonel Brizola. 

"Essa homenagem não é uma homenagem só ao JORNAL DO BRASIL, mas uma homenagem ao povo brasileiro e ao povo do Rio de Janeiro", destacou o vereador. Ao fim de seu discurso, Leonel Brizola Neto entregou placa em homenagem pelo retorno da publicação ao presidente do JB, Omar Resende Peres.