Assassinato de Marielle é crime contra toda sociedade, diz presidente da OAB

O presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Claudio Lamachia, afirmou que o assassinato da vereadora carioca Marielle Franco (PSOL), ocorrido na quarta-feira, 14, é um crime contra toda a sociedade e ofende diretamente os valores do Estado Democrático de Direito. "O Conselho Federal da OAB acompanha o caso e espera agilidade na apuração e punição exemplar para os grupos envolvidos", destacou ele, em nota oficial.

Segundo Lamachia, na quarta, o ministro da Segurança Pública assumiu com a OAB o compromisso de adotar medidas efetivas de combate ao crime, como o descontingenciamento da verba para investimento nos presídios: "É preciso que o Estado retome o controle das prisões, que estão servindo como escola e quartel general dos criminosos."

Na nota, o presidente nacional da OAB diz que a entidade tem proposto e cobrado soluções efetivas para o combate ao crime. "O episódio triste e lamentável que é o assassinato de uma representante do povo resulta de anos de uma política de segurança equivocada, que só tem resultado em fortalecimento do crime. É hora de adotar medidas efetivas e mudar esse cenário."

Fonte: Estadão Conteúdo

>> Marielle Franco, vereadora do Psol, é assassinada no Rio

>> Nascida na Maré, Marielle tinha atuação pautada pela defesa de negros e pobres

>> Governo diz que acompanha apuração do assassinato

>> Freixo: Crime tem 'características nítidas' de execução