Evangélicos doam R$ 11 mil para reforma de terreiro no Rio

O terreiro de candomblé Kwe Cejá Gbé de Nação Djeje Mahin, da mãe de santo Conceição d`Lissá, em Duque de Caxias, Baixada Fluminense, será reformado com uma doação de R$ 11 mil da Igreja Evangélica. O local já sofreu oito atentados. 

"O valor financeiro não é o mais importante, mas sim o gesto de união. Não é uma igreja reformando outra igreja. Mas uma igreja contribuindo para reformar um templo religioso que parte do segmento evangélico persegue como se fosse demônio", diz o babalawo Ivanir dos Santos, interlocutor da Comissão de Combate à intolerância Religiosa (CCIR), citado pelo O Dia

"É a prova do amor ao próximo e do respeito à diferença", completou Ivanir dos Santos.

Um café da manhã com representantes das duas religiões está marcado para o dia 22 de novembro, às 10h, no terreiro, ainda segundo o jornal carioca.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais