Em seu último dia de viagem à China, Crivella faz saldo positivo

Prefeito prevê parcerias importantes para a cidade

O projeto de iluminação pública do Rio de Janeiro, que pretende trocar as 450 mil lâmpadas tradicionais por LED e instalar postes de luz com câmeras de monitoramento e rede Wi-Fi, integrando segurança e tecnologia, foi o grande destaque da viagem à China do prefeito Marcelo Crivella. Algumas empresas, como a gigante HuaWei, marcaram encontros para se apresentar e mostrar suas capacidades técnicas. No último dia de viagem oficial do prefeito à China, nesta sexta-feira, dia 10/11, o principal encontro de negócios foi com a Feilo Sylvania, empresa especializada em iluminação que está presente em 54 países. 

“Somos muito fortes na América do Sul. Em países como Argentina, Chile e Colômbia temos mais de 60% do mercado”, contou o diretor-presidente da empresa, Zhuang ShenAn, em um jantar de negócios com Crivella. 

Zhuang também assistiu o vídeo institucional do projeto e reagiu empolgado. 

“O Rio de Janeiro quer quatro coisas: economia de energia, câmeras de monitoramento para segurança, Wi-Fi e um produto que embeleze ainda mais a cidade. Tudo isso nós fazemos muito bem”, disse ele, que recebeu a oferta de abrir uma fábrica no Rio com terreno cedido pela Prefeitura como incentivo. 

Encontro promissor 

O projeto está sendo formatado e uma PPP deve será lançada no próximo ano. A reunião de trabalho entre a Prefeitura e a Feilo Sylvania já foi consequência do encontro pela manhã entre Crivella e o prefeito de Shanghai, Ying Yong, uma das principais lideranças do Partido Comunista da China. Shanghai é o principal polo econômico do país e já está acertado que acordos de cooperação em diversas áreas serão assinados com o Rio de Janeiro. 

“O Brasil foi um dos primeiros países a estabelecer parceria com a China, a reconhecer a China. Os acordos irão aumentar a cooperação entre as duas cidades em campos como comércio, tecnologia e turismo. O Brasil, especialmente o Rio, é muito atrativo para a gente”, ressaltou Ying, que já visitou o Rio e se disse impressionado pelas belezas, principalmente das praias. 

 O prefeito do Rio aproveitou para convidar o seu colega chinês para mais uma visita, dessa vez, com foco nos negócios. 

“Queremos organizar uma semana de Shanghai no Rio, com as empresas apresentando seus produtos, mostrando a arte e a pujança dessa cidade” – disse o prefeito. 

Em seu último dia de viagem, após quatro reuniões de trabalho – com o prefeito da cidade e outras três empresas – Crivella fez um balanço positivo da viagem. 

 “Se metade dos temas tratados aqui na China se realizar, será a melhor viagem que fizemos. Todos querem mandar comitiva ao Rio, o Novo Banco de Desenvolvimento quer financiar os projetos, várias empresas querem desenvolver esses projetos, principalmente os de iluminação. Vai ser muito bom para a nossa cidade”.