Prefeitura adotará novas medidas no VLT para o próximo Carnaval

Mudanças visam reduzir as filas nos terminais de autoatendimento

A Secretaria Municipal de Transportes do Rio informou que adotará novas medidas com o objetivo de otimizar as operações do VLT (Veículo Leve Sobre Trilhos) para o próximo Carnaval. Uma das iniciativas será a instalação provisória de mais duas ATM’s (máquinas de autoatendimento e venda de bilhetes) na estação Cinelândia, que já conta com dois equipamentos.

A colocação das novas máquinas visa reduzir as longas filas durante o próximo Carnaval (o primeiro que contará com a operação do VLT), período em que a região deve receber uma grande quantidade de turistas, gerando assim um aumento na demanda do VLT. A implantação das novas ATM's poderá ser ampliada para todas as estações e paradas conforme o aumento da demanda de passageiros. Outra medida que será tomada pela Prefeitura para diminuir as filas será a instalação de terminais específicos de consulta de saldo em todas estações e paradas do VLT, liberando as ATM's para as operações de compra e recarga do cartão.

Também deve ocorrer na operação do VLT até o próximo Carnaval, a atualização do software das ATM's. A alteração do programa impedirá que o equipamento retenha cartões de passageiros que apresentem algum problema, como vem ocorrendo. Com a atualização do software, a operação de compra e recarga de cartões passará a ser mais ágil, já que quando uma ATM retinha acima de 25 cartões com problemas, a utilização do equipamento era interrompida temporariamente, formando mais filas.

"O VLT não é um transporte de massa. Ele transporta nove mil pessoas por hora. As medidas que estamos tomando visam ampliar sua capacidade, facilitar o escoamento dos passageiros e viabilizar a utilização do VLT no Carnaval", explicou Fernando Mac Dowell, vice-prefeito do Rio e secretário Municipal de Transportes.

As novas medidas adotadas pela atual Prefeitura do Rio foram tomadas após reunião realizada, nesta semana, entre o vice-prefeito e secretário Municipal de Transportes, Fernando Mac Dowell, e representantes do Consórcio VLT Carioca.