Gatos que vivem no prédio da Alerj vão receber microchip e serão castrados

Uma equipe da Sociedade União Protetora dos Animais (Suipa) esteve nesta terça-feira (28/07), no Palácio Tiradentes, sede da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), para buscar os gatos que vivem no prédio. Os bichos serão castrados e vacinados, além disso serão microchipados, para serem identificados e controlados.

A iniciativa cumpre determinação da Lei 4.808/06, que cria regras para a criação, a propriedade e o transporte de cães e gatos no estado. Existem cerca de 15 gatos vivendo hoje na sede do Parlamento fluminense.

Presidente da Suipa, Izabel Cristina Nascimento acompanhou o recolhimento dos animais, que deverão ser trazidos de volta em um mês. “As pessoas precisam se conscientizar que é preciso castrar para haver o controle populacional. Agora, vamos levar quatro bichanos. Daqui a um mês, voltaremos para pegar os outros animais”, disse Izabel. 

A medida foi uma solicitação do presidente da Casa, deputado Jorge Picciani (PMDB), em cumprimento ao que determina a lei de 2006 de autoria do deputado Paulo Ramos (PSol) e do então deputado Antônio Pedregal. De acordo com a norma, todo proprietário de cães e gatos é obrigado a vaciná-los contra a raiva a partir dos quatro meses de idade.

Fonte: Alerj