Homem é procurado por torturar filha em gaiola elétrica no Rio

A polícia do Rio oferece uma recompensa de R$ 1 mil por quem der informações sobre o paradeiro do ferreiro Jefferson Antonio da Silva. Ele é acusado de manter a filha de 6 anos em cárcere privado. A menina também era torturado com choques elétricos e, de acordo com a polícia, a filha ficava preso a uma gaiola de 1,2m por 0,60m e as grades eram ligadas à rede elétrica.

Jefferson já tinha sido denunciado por vizinhos por estar agredindo a mulher e os filhos. Vizinhos contaram à polícia que era comum ouvir gritos dos filhos. O ferreiro usava outras formas de castigo contra as crianças, como deixá-los de cara para a parede. Ele chegou a ser detido, mas acabou sendo liberado por só ter contra ele uma queixa de agressão.

No dia 13 de maio a comarca de Duque de Caxias expediu um mandado de prisão por crime de tortura física e psicológica das crianças. Desde então Jefferson Antonio da Silva está foragido. Informações podem ser enviadas para o whatsapp do Portal dos Procurados: 21-96802-1650 ou pelo Disque-Denúncia: 21-22531177 ou 0300-253-1177 para quem estiver fora da capital.