Dados do ISP revelam aumento nos casos de roubos de rua no Rio de Janeiro

Os casos de roubos de rua cresceram em outubro deste ano. Conforme o Instituto de Segurança Pública (ISP) do Rio de Janeiro, na comparação com o mesmo período do ano passado, o crescimento foi de 23,3%, passando de 6.639, em 2013, para 8.189, em 2014. Também houve crescimento nos roubos a transeuntes. Em outubro de 2014, foram 6.746, contra 5.531 em 2013. Os números representam 22% de aumento. Os crimes de morte violenta aumentaram de 430 para 435, o que significa elevação de 1,2%.

Os homicídios causados por intervenção policial, chamados de auto de resistência, subiram de 38 para 45 no estado. Os casos de homicídio doloso caíram 0,3%. Em 2013 foram 377 registros, um a mais que outubro deste ano. Os latrocínios, roubos seguidos de morte, também tiveram um caso a menos (12 e 11). Os roubos e furtos de veículos também tiveram queda de 13,1% e 10%, respectivamente. Em 2014, foram 2.292 registros de roubos e 1.429 de furtos.

De acordo com o ISP, os roubos a residências caíram de 120 para 82, queda de 31,7%. Nos estabelecimentos comerciais, a redução chegou a 8,6% (546 contra 499). Entre as pessoas desaparecidas, o registro é de diminuição de 33,0% (497 e 333).

Os indicadores de produtividade do trabalho policial de outubro de 2014 mostram que houve redução de 6,9% na apreensão de drogas (2.518 para 2.344) e de 1,2% no cumprimento de mandado de prisão, que caiu de 1.681 para 1.661. Houve elevação nos itens armas apreendidas (10,6%), prisões (6,2%) e apreensão de adolescentes (38,6%).