Caxias entrega imóveis para moradores de Xerém atingidos por enchente

A prefeitura de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, anunciou nesta quarta-feira (3) que entregará as chaves do condomínio Bolzano, neste sábado (6) para as 100 famílias que perderam suas casas na enchente que ocorreu na cidade em janeiro deste ano. Os apartamentos vão beneficiar as famílias cadastradas no Programa Minha Casa, Minha Vida, do governo federal, e as pessoas também terão acesso ao Programa Minha Casa Melhor, onde podem financiar a compra de móveis e eletrodomésticos no valor de até R$5 mil. Os imóveis estavam sendo construídos na região e foram liberados pelo Ministério das Cidades para atender rapidamente aos moradores que tiveram suas casas devastadas pelo temporal.

As chuvas que atingiram o distrito de Xerém no início do ano provocaram muita destruição, derrubando casas construídas às margens do Rio Capivari e deixando centenas de pessoas desabrigadas.

Uma moradora que teve sua casa parcialmente afetada e não quis se identificar, disse que não acredita em nenhum tipo de ajuda da prefeitura. “Eu perdi os meus móveis, mais o lado material. Parte da estrutura da minha casa avariou, mas não foi condenada. Já avisaram que vão desapropriar a área para fazer obras de urbanização, mas até agora não entraram em contato para dar nenhum tipo de auxílio. Estamos vivendo por conta própria” disse. Segundo a moradora, o Instituto Estadual do Ambiente (INEA) visitou sua residência para avaliações. “Eles estiveram aqui para fazer medições e fotografar o local”.

A moradora disse que uma ponte provisória foi erguida no local e que não há grande movimentação nas obras à margem da ponte. “Estão alegando que somos invasores e estamos em área de risco. A ponte [definitiva] mesmo ainda não começou [as obras]. Aqui perto da minha casa, tem pessoas que voltaram para o que sobrou de suas residências, convivendo com esgoto”, disse.

A prefeitura de Duque de Caxias disse que a área está passando por obras de urbanização e a desapropriação é necessária para o andamento do projeto. Uma ponte destruída pelo temporal que faz a ligação entre o distrito de Xerém a uma área chamada Café Torrado está parcialmente reformada e dando passagem para carros e ônibus. A prefeitura informou, ainda, que casas destruídas mais distantes do Rio Capivari também atingidas pela inundação ainda não foram totalmente liberadas para que os moradores retornem para suas residências.