Novo protesto contra a corrupção fecha Avenida Rio Branco

Uma manifestação que reuniu milhares de pessoas partiu da Candelária e fechou a Avenida Rio Branco, no Centro do Rio de Janeiro, nesta segunda-feira. Os manifestantes protestaram contra os desvios da classe política e os atos de corrupção. 

Muitos tinham os rostos e camisetas cobertas e hostilizaram militantes de partidos políticos. O mesmo ocorreu com uma equipe da TV Globo que filmava o ato. A passeata foi acompanhada por policiais.

A manifestação desta segunda-feira teve frases projetadas em um prédio na esquina da Avenida Rio Branco com a Rua da Assembleia. Entre as projeções, estavam críticas a políticos, pedindo a saída de nomes como o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), e mensagens chamando o público para participar dos movimentos, como: “vem pra rua e "amanhã vai ser maior".

Por volta das 19h20, cerca de 3 mil pessoas ocupavam a avenida Rio Branco, segundo cálculo não oficial da Polícia Militar, que não divulga mais estimativa de público por ordem do comando da corporação. Nenhum confronto foi registrado até este horário.

Os PMs fizeram um cordão de isolamento no Theatro Municipal, na Cinelândia, onde os manifestantes se concentraram depois.

Com Portal Terra