Prefeitos de 4 municípios do estado Rio reduzem preço das passagens 

Rio de Janeiro – O prefeito de Duque de Caxias, Alexandre Cardoso, anunciou hoje (20) a redução no preço das passagens de ônibus do município e nas cidades vizinhas de Nova Iguaçu e Belford Roxo, todas situadas na Baixada Fluminense. Volta a vigorar o valor de R$ 2,65, que era cobrado em abril nas três localidades, contra os R$ 2,80 atuais. A medida passa a valer a partir desta sexta-feira. As passagens haviam sido majoradas em 5,66%.

A decisão foi tomada com os prefeitos Nelson Bornier, de Nova Iguaçu, e Dennis Dauttmam, de Belford Roxo, em decorrência das manifestações de protesto contra o reajuste das passagens, registradas em todo o país. “As cidades estão em sintonia com a população. Não dá para dizer que a situação da educação e da saúde está boa. O povo está reclamando com razão”, disse Cardoso.

No município de Maricá, na Baixada Litorânea do Rio de Janeiro, o prefeito Washington Quaquá decidiu anular o decreto que reajustava as tarifas de ônibus. Elas caem de R$ 2,90 para R$ 2,70. Segundo ele, a redução no preço é um passo importante na busca por mudanças estruturais na área do transporte. Quaquá disse que a mobilização da prefeitura por reformas profundas no setor terá continuidade amanhã (21) com um ato público “Contra o monopólio do transporte coletivo”, que ocorrerá no centro de Maricá. Segundo o prefeito, o monopólio é exercido há décadas por uma única empresa.

O prefeito anunciou ainda a criação da Maricá Trans. Trata-se da companhia, que abrigará uma empresa municipal de ônibus. O projeto começou a ser desenvolvido há 90 dias. A prefeitura antecipou a compra de dez veículos do total de 25 que circularão pelo município. A expectativa é que sejam entregues no prazo de 60 dias, e comecem a rodar a partir de agosto. O investimento na compra dos ônibus atinge R$ 10,5 milhões. O valor da tarifa deverá ficar em torno de R$ 2.