Ministro da Integração visita áreas atingidas pelas chuvas no RJ

Fernando Bezerra prometeu apoio a municípios afetados e ao Estado do Rio

O ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, desembarcou na tarde desta terça-feira no Rio de Janeiro e seguiu, na companhia do vice-governador, Luiz Pezão, para o município de Petrópolis. Além de avaliar de perto a situação das áreas atingidas pelas chuvas, o ministro reforçará o apoio do governo federal aos municípios e ao Estado. 

Desde ontem, uma equipe da Defesa Civil Nacional, sob coordenação do secretário Nacional de Defesa Civil, Humberto Viana, está na região serrana apoiando o trabalho de socorro e assistência às famílias atingidas, em parceria com a defesa civil do município. No primeiro momento, o foco é atender as pessoas que estão desabrigadas. Paralelamente, uma avaliação dos danos está sendo feita para dimensionar a necessidade de suporte à reconstrução e à recuperação da cidade. 

Número de vítimas aumenta

O número de mortos em decorrência das fortes chuvas que atingiram Petrópolis, na região serrana do Rio de Janeiro, vem aumentando. Até a tarde desta terça-feira chegavam a 24. A vítima mais recente foi encontrada morta na localidade do Espírito Santo, no bairro Quitandinha. As mortes ocorreram em Quitandinha, Doutor Thouzet, Alagoas, Lagoinha, Bingen e Independência. Outras duas pessoas resgatadas com vida não resistiram e morreram no hospital. 

Desde domingo, fortes chuvas atingem o Estado do Rio de Janeiro. Em Petrópolis, foram registrados 21 pontos de deslizamento ou alagamento. Também houve estragos em  Angra dos Reis, Mangaratiba, Niterói e Teresópolis.

A Sedec e o Corpo de Bombeiros atua com cerca de 250 militares e agentes de Defesa Civil em apoio ao município de Petrópolis. O Centro Estadual de Administração de Desastres (Cestad) segue monitorando as condições climáticas e ocorrências nas cidades afetadas pelas chuvas.