Estado investirá R$ 30 milhões na revitalização de lagoas de Niterói

O Governo do Estado vai investir R$ 30 milhões, do Fundo Estadual de Conservação Ambiental (Fecam), na revitalização ambiental do sistema lagunar de Piratininga-Itaipu, na Região Oceânica de Niterói. O anúncio foi feito nesta terça-feira (22) pelo secretário do Ambiente, Carlos Minc, na cerimônia que marcou o início da segunda etapa das intervenções ambientais no ecossistema da cidade. 

As obras permitirão a renovação e a oxigenação das águas das duas lagoas, favorecendo a navegabilidade, a pesca e o turismo.

Orçadas em R$ 5 milhões, as melhorias desta nova etapa abrangem o desassoreamento do fundo da lagoa de Piratininga para a retirada de ilhas de material lodoso na entrada dos canais do Tibau e de Camboatá; a instalação de comportas para melhorar o controle do fluxo de entrada e saída das águas do mar no sistema lagunar da região; e a retirada de pedras lançadas por correntes marítimas para os leitos dos canais e da lagoa.

"Os R$ 25 milhões restantes serão investidos em outra etapa da revitalização ambiental do sistema, que vai incluir a dragagem mais intensa dos canais centrais das lagoas de Piratininga e Itaipu e a construção de uma estrutura formada por rochas que se estenderá até o oceano, na saída de Itaipu, garantindo a integração entre as duas lagoas através do canal de Camboatá", explicou Minc.

No evento, o secretário do Ambiente afirmou ainda que vai apoiar a Prefeitura de Niterói na criação do Parque Municipal da Viração, que será conectado, através de um corredor, ao Parque Estadual da Serra da Tiririca, e na urbanização da orla de Piratininga. 

Minc anunciou também a criação do Centro Cultural de Itaipu em cogestão com a prefeitura, que ficará dentro da Serra da Tiririca.

Em uma outra etapa, as intervenções vão incluir a dragagem da Lagoa de Itaipu. As obras são complementares, já que seus sistemas hídricos têm que ser tratados de forma conjunta para garantir a melhoria da qualidade das águas das lagoas de Piratininga e de Itaipu.