Criador da escadaria da Lapa, ceramista Jorge Selarón é encontrado morto

O pintor e ceramista chileno Jorge Selarón, de 65 anos, foi encontrado morto nas escadarias da Lapa, na manhã desta quinta-feira. O corpo queimado do artista estava junto a uma lata de thinner, segundo a rádio CBN. A polícia ainda não tem informações sobre a motivação da morte de Selarón.

O chileno foi o autor do mosaico de cores que transformou os 215 degraus da Escadaria do Convento de Santa Teresa num grande polo de visitação turística.

Selarón iniciou sua obra na década de 90, quando decidiu se radicar na Lapa e instalar azulejos na escadaria, que é conhecida como Escadaria Selarón. O lugar foi tombado pela prefeitura em 2005.

De acordo com vizinhos, Selarón estava sendo ameaçado por um ex-colaborador de seu ateliê, que queria obrigá-lo a ceder os rendimentos obtidos com a venda de quadros. Por conta disso, ele andava muito triste e vivia trancado em casa.