Diogo Nogueira interrompe briga: "Se não parar esta p..., eu não canto mais"

O primeiro show do palco principal da grande festa de Réveillon na praia de Copacabana foi interrompido pelo sambista Diogo Nogueira, na noite desta segunda-feira (31). Durante a apresentação, um grupo de homens começou uma briga quando Diogo cantava "Eu sou o samba, do compositor Zé Keti.

Irritado, Diogo disparou: "Se não parar com essa p... eu não canto mais. Vamos parar de brigar, seu bando de otários". Ao mandar a banda parar de tocar enquanto a confusão não parasse, o sambista foi aplaudido pelo público. Cerca de 2,3 milhões de pessoas compareceram à grande festa da virada.

Depois da apresentação de Diogo, o grupo de pagode Sorriso Maroto subiu ao palco. Com canções antigas como a regravação 'Por você', do Barão Vermelho, os integrantes conseguiram levantar o público. 

Aguardado, balão da PM falha

Considerada a grande novidade da Polícia Militar na virada para 2013, o balão de monitoramento teve problemas com o cabo de fibra ótica e não decolou. De acordo com informações da assessoria de imprensa da PM, o cabo que transmitiria as imagens da multidão para o Centro de Operações da Prefeitura se rompeu enquanto o balão era inflado. Não foi possível resolver o problema a tempo.  Conforme anunciado pela PM, a câmera de observação, que conta com tecnologia israelense, captaria imagens até a até 4 km de distância e em 360 graus.

Iluminação igual à da abertura da Olimpíada de Londres

A grande novidade do show de Réveillon na praia de Copacabana para saudar a chegada de 2013 ficou por conta da iluminação do palco principal do espetáculo na Zona Sul do Rio, que contou com a mesma tecnologia empregada na abertura das Olimpíadas de Londres este ano. Na virada, o jogo de luzes foi sincronizado com os fogos, projetados diretamente das 34 balsas na orla da Zona Sul do Rio.