Polícia apreende produtos piratas no entorno do Engenhão e de São Januário 

Policiais da Delegacia de Repressão aos Crimes contra a Propriedade Imaterial (DRCPIM), que compõem o Núcleo de Apoio a Grandes Eventos (NAGE), realizaram, na tarde deste domingo, operação de combate à pirataria no entorno dos estádios do Engenhão e de São Januário, durante a realização das partidas de futebol entre Botafogo e Náutico, e Vasco da Gama e Bahia, válidas pelo Campeonato Brasileiro de 2012.

Os policiais da especializada apreenderam 70 camisas, duas flâmulas, uma bandeira e 21 faixas dos times do Botafogo e Vasco, todas pirateadas, que eram comercializadas ilegalmente por ambulantes, na Rua Henrique Scheidt, em frente ao nº 65, Engenho Novo, e na Rua General Argolo, em frente ao nº 234, São Cristóvão, no entorno dos estádios.

Na ação, os agentes detiveram os ambulantes Marinaldo Alves Pertonilho e João de Oliveira Silva, que foram encaminhados à especializada e responderão pelo crime de violação de marcas no Juizado Especial Criminal (Jecrim).

Segundo o delegado Alessandro Thiers, titular da DRCPIM, as operações de combate à pirataria no entorno dos estádios de futebol do Rio ocorrerão em todas as partidas de futebol.