CVC é condenada por naufrágio que matou 15 pessoas em Cabo Frio

A agência de viagens CVC TUR foi condenada a indenizar parentes de 15 pessoas quer morreram em um acidente de barco em Cabo Frio (RJ), na Região dos Lagos, em abril de 2003.

O juiz do processo, que ocorreu na 5ª Vara Cível de Santo André, entendeu que a empresa tinha a responsabilidade pela segurança dos turistas que compraram o pacote com a agência para passar o dia na cidade. Ele decidiu que a agência precisa indenizar os parentes das vítimas por danos morais no valor de cem sálairios mínimos, R$ 62.200, por pessoa, além de danos materias.

A embarcação, chamada Tona Galea, tinha 62 pessoas a bordo quando ocorreu o acidente. A CVC poderá recorrer. Segundo a polícia, o barco não tinha condições de navegar em mar aberto.