Corpo de Bombeiros expulsa cabo Daciolo e outros 12 por greve

O Corpo de Bombeiros anunciou, na noite desta segunda-feira, que o cabo Benevenuto Daciolo e outros doze membros da corporação foram expulsos em decorrência de sua participação no movimento grevista do último mês de fevereiro.

A medida foi publicada pelo comando-geral do Corpo de Bombeiros no Boletim Interno da Corporação. Segundo a publicação, os militares foram expulsos por terem sido considerados "culpados por articulação em manifestações de caráter político-partidário, nas quais incitaram ostensivamente a tropa à prática de ilícitos de natureza disciplinar e penal militar, além da adoção de conduta incompatível com a missão de Bombeiro-militar".

O cabo Benevenuto Daciolo era o líder dos bombeiros no movimento grevista e chegou a ser flagrado em escutas telefônicas falando com líderes da greve dos policiais militares baianos sobre um movimento nacional dos servidores de segurança pública.