Desfile do Bola Preta termina com 68 mijões na delegacia

Entre os detidos estavam três mulheres

A operação de combate à desordem realizada nesta sexta-feira, 10 de fevereiro, por agentes da Secretaria Especial da Ordem Pública (Seop), com apoio de guardas municipais, durante o desfile pré-carnavalesco do Cordão da Bola Preta, encaminhou para a delegacia 68 mijões (três mulheres) que urinavam nas ruas. Todos os detidos foram levados para a 5ª DP (Gomes Freire). Cerca de 80 mil pessoas acompanharam o desfile momesco.

"O ato de fazer xixi na rua não será tolerado. A prefeitura está presente nos blocos, e a fiscalização está sendo realizada com rigor. Esse ano, a Riotur disponibilizou o dobro de banheiros químicos, contamos com a colaboração da população, pois pular Carnaval e se divertir não significam desordem" disse o secretário da Ordem Pública, Alex Costa.

A operação da prefeitura contra os mijões no Carnaval começou no dia 2. A primeira fase se prolonga até o dia 16 de fevereiro, período no qual serão realizados 151 desfiles de blocos de rua, com público estimado em 792.850 foliões. Ao todo, são 15 mil banheiros químicos espalhados pela cidade, além de 50 contêineres.

Os detidos por urinar na rua que são levados para as delegacias respondem ao o artigo 233 do Código Penal, que trata de ato obsceno. Na DP, é feito o registro de fato atípico, que entra na ficha de ocorrência do detido.

Balanço

Durante a fiscalização desta sexta-feira, 28 veículos foram multados e seis rebocados por estacionamento irregular na região onde ocorreu o desfile. Participaram da ação agentes da Seop e guardas municipais.

Desde o dia 20 de janeiro, início dos desfiles dos blocos pré-carnavalescos, a Seop já encaminhou para a delegacia 240 mijões (17 mulheres) por urinarem nas ruas.