Ex-modelo é absolvida de acusação de desacato à autoridade

A ex-modelo Cristina Mortágua foi absolvida da denúncia por desacato à autoridade, injúria e agressão contra a delegada de polícia Daniela dos Santos Rebelo Pinto.

A decisão foi tomada nesta quarta-feira (8) pelo juiz Joaquim Domingos de Almeida Neto, do 9º Juizado Especial Criminal da Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro (RJ). Ainda cabe recurso.

Há cerca de um ano, Cristina foi à delegacia após uma briga com o filho, Alexandre Mortágua, fruto de seu relacionamento com o ex-jogador Edmundo. A discussão continuou no local e a delegada tentou intervir, mas levou chutes e teve o brinco arrancado à força por Cristina.

A defesa apresentou à Justiça um laudo do psiquiatra informando que a ex-modelo estava em tratamento e que usava medicamentos na época.

O juiz entendeu que ela estava em condição de total desequilíbrio e não tinha nenhum controle de sua ação. Para ele, a delegada deveria ter prestado atendimento à modelo em vez de optar pela "via fácil da lavratura do auto de prisão em flagrante".

Nesta semana, a ex-modelo foi internada após sofrer um AVC. Uma amiga próxima disse que o motivo teria sido o alto nível de estresse, já que ela tem passado por problemas familiares.