Justiça inocenta PM do Bope que matou homem que segurava furadeira

O cabo do Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar (Bope)do Rio que matou um homem que segurava uma furadeira, no Andaraí, ao confundí-lo com um bandido armado, foi inocentado. Assim, o praça fica livre de ir ao júri popular. 

O agente Leonardo Albarello era acusado pela morte do fiscal de supermercado Hélio Ribeiro, de 47 anos, durante operação no Morro do Andaraí, na Zona Norte do Rio, em maio de 2010. O juiz entendeu que as circunstâncias induziram o PM a um erro inevitável.

As informações são do Tribunal de Justiça do Rio.