Cabral determina reforço imediato para socorrer vítimas de Sapucaia

Depois de três corpos serem encontrados na localidade de Jamarabá, em Sapucaia, Centro Fluminense, depois de um deslizamento de terra provocado pela chuva, o governador Sérgio Cabral determinou reforço imediato das secretarias de Saúde e Defesa Civil para socorrer as vítimas do deslizamento. Outras 15 pessoas estariam soterradas depois da destruição de oito casas.

De acordo com a assessoria de Cabral, o governador conversou conversou, no começo da tarde desta segunda-feira (9), com o prefeito Anderson Zanon, de Sapucaia.

Trinta bombeiros já trabalham no resgate de pelo menos 15 pessoas que podem estar soterradas. Cabral determinou que os secretários de Defesa Civil, Sérgio Simões, e de Saúde, Sérgio Côrtes, desloquem-se com suas equipes. Cães farejadores também foram enviados ao local para reforçar o trabalho de buscas. 

Segundo informações do coordenador de Defesa Civil  Marco Antônio Teixeira Franco, o deslizamento foi provocado pelo fato das construções terem sido realizadas em locais irregulares de Jamabará. Ao todo, 30 casas foram interditadas pela Defesa Civil e cerca de 150 pessoas estão desalojadas.

"A situação em Jamabará é crítica porque as construções foram feitas numa encosta íngreme, entre a estrada e um rio", pontuou o engenheiro.