Confira todos os detalhes da festa de Réveillon no Rio

O Réveillon do Rio de Janeiro será dedicado à sustentabilidade e abrirá o ano da Rio+20, conferência da ONU que acontece na cidade em 2012, chamando a atenção para as questões ambientais. A tradicional queima de fogos na orla de Copacabana, conhecida internacionalmente, vai durar 16 minutos. 

A montagem e desmontagem do evento será toda produzida em pilares sustentáveis, com reaproveitamento de materiais e coleta de lixo. A lona usada no palco será transformada em estojos para alunos de escolas municipais, e a fumaça dos fogos de artifício será neutralizada através do plantio de árvores.

Momentos antes da virada do ano, um vídeo sobre ecologia será projetado nos telões, convidando o público presente em Copacabana a ter "um minuto de reflexão" sobre as questões do meio ambiente. Serão promovidas campanhas para cada um levar seu próprio saco de lixo, além de outras pequenas ações.Confira o esquema de trânsito 

O Réveillon de Copacabana terá quatro palcos, 24 toneladas de fogos de artifício divididas em onze balsas, trezentos banheiros químicos, seis postos médicos e trinta postos de policiamento. Segundo a empresa responsável pela festa, o palco principal trará efeitos inéditos no Brasil. O público estimado é de 2 milhões de pessoas.

Espetáculo de fogos piromusicados terá seis fases

Os fogos que encantarão o público, assinados pela Pirotecnia Igual, de Barcelona, na Espanha, terão seis fases temáticas: Bem-vinda Rio+20; Energia Solar; Água; Fauna e Flora; Vento e Otimismo. Cada uma destas fases terá cores e formas características, com belezas únicas e de fácil identificação para o público.

A estrutura da queima de fogos terá 11 balsas, dispostas no mar em pontos estratégicos, de 10,8 X 8 m cada, 27.180 bombas entre quatro e 12 polegadas (19 toneladas), sistema de disparo computadorizado, fogos com alcance entre 90 e 350 m, bombas revestidas por papel e impermeabilizadas e pavios à prova d´água, além de tubos com cintas de segurança acima de quatro polegadas.

Bem-vinda Rio+20; Energia Solar; Água; Fauna e Flora; Vento e Otimismo: Cada uma destas fases terá cores e formas características, com belezas únicas e de fácil identificação para o público. Junto com a queima de fogos piromusicados, o público ouvirá a trilha sonora especialmente montada pelo DJ João Brasil. A estrutura da queima de fogos terá 11 balsas.

Rocinha

Mesmo fora da lista oficial de eventos, a Rocinha terá queima de fogos especial para celebrar a pacificação da comunidade. 

"Antes era o tráfico que soltava os fogos lá, mas esse ano a Riotur preparou uma queima no terraço do Hotel Nacional para celebrar a paz naquela comunidade. Com certeza muitos turistas vão querer alugar lajes da comunidade para curtir o espetáculo", declarou o secretário de Turismo do Rio de Janeiro e presidente da Riotur, Antônio Pedro Figueira de Mello, que também confirmou que a Penha continuará recebendo queima de fogos, como aconteceu no ano passado.  

Segurança

Ao todo, 7.200 policiais farão parte da operação especial que começará na sexta-feira e terá o apoio de 1.300 viaturas. O efetivo é 10% maior do que o empregado no ano passado. Em Copacabana,  1.554 policiais militares vão atuar com 106 viaturas. Serão montadas 30 torres de observação no calçadão e na areia da praia. E a novidade deste ano será a utilização de armamento não-letal para conter tumultos. O esquema especial de segurança terá apoio ainda do Batalhão de Choque (BPChoque), que vai atuar nos bloqueios de trânsito montados pela Prefeitura, e do Regimento de Polícia Montada. 

Além disso, quatro helicópteros vão sobrevoar as áreas de festa para monitoramento. No policiamento marítimo, quatro embarcações com 20 policiais serão empregados em Copacabana, Botafogo, Flamengo, na Zona Sul do Rio; Niterói, na Região Metropolitana; e Angra dos Reis, na Costa Verde. No Aterro do Flamengo e em Botafogo, serão 186 policiais e 32 viaturas. Na Barra da Tijuca, Recreio e em Sepetiba, 1.023 policiais militares farão o policiamento com 225 viaturas. Na Zona Norte, o Piscinão de Ramos terá 260 policiais e 17 viaturas empregados, além de oito torres de observação. Na Ilha do Governador, a festa terá o policiamento de 119 PMs e 27 viaturas. Já, na Grande Niterói, o policiamento durante a festa ficará a cargo de 524 policiais. 

Nas comunidades pacificadas, 1.400 policiais vão atuar no Réveillon devido à procura, principalmente de turistas, por festas nas lajes de onde é possível ter uma vista privilegiada da queima de fogos.

Confira a programação do Réveillon de Copacabana:

Palco Sol - Em frente ao Copacabana Palace 

Apresentador - Otaviano Costa

20h30 - Beth Carvalho

22h00 - O Rappa

0h - Queima de Fogos

0h20 - Latino

2h - DJ David Guetta

3h30 - Escola de Samba Beija-Flor

Palco Água - Na altura da rua Santa Clara

Apresentadora - Fiorella Mattheis

19h - Baia

20h30 - Bloco Sargento Pimenta

22h15 - Moraes Moreira

0h - Queima de Fogos

0h20 - Blitz

0h15 - Escolas de Samba Unidos da Tijuca e Mangueira

Confira a programação em outros pontos:

Praia da Barra (Em frente à Praça do Ó)

Apresentador - Eri Johnson

20h30 - Farofa Carioca

22h15 - Biquini Cavadão

0h - Queima de Fogos

0h20 - Bangalafumenga

2:20 - Escola de Samba Salgueiro

Piscinão de Ramos

Apresentadores - Beat 98 e Carol Macedo

20h00 - DJ Detona

21h00 - MC Koringa

21h30 - Os Ousados

22h00 - Jaula das Gostosudas

22h30 - MC K9

23h - MC Bruninha

23h30 - MC Anita

Na Penha (Praça Santa Emiliana)

Apresentadora - Aline Prado

20h30 - Batuke di Gueto

22h15 - Pique Novo

0h - Queima de Fogos

0h15 Escola de Samba Imperatriz

Duque de Caxias (Praça do Pacificador, no Centro)

Apresentadora - Geovanna Tominaga

20h45 - Fernanda Brum e Afrolata

22h15 - NX Zero

0h - Queima de Fogos

0h20 - Rodriguinho

2h30 Escola de Samba Grande Rio