PM da UPP do Fallet leva tiro durante incursão na favela

Um policial militar lotado na Unidade de Polícia Pacificadora do Fallet-Fogueteiro (instalada em fevereiro deste ano) foi atingido, na noite deste sábado,  por disparos na cabeça, na coluna e no pescoço, durante uma incursão numa das vielas da comunidade. Ele estava acompanhado de outros três agentes.

>> PM baleado na UPP do Fallet pode ficar paraplégico ou tetraplégico, diz amigo

O policial, identificado apenas como soldado Favaro, foi socorrido e levado para o Hospital Central da Polícia Militar (HCPM), no Estácio (Zona Norte). Segundo colegas, o estado de saúde do militar é grave. A informação foi confirmada por uma porta-voz pela Secretaria de Segurança, no entanto, segundo a secretaria, não há risco de morte.

Homens do Batalhão de Operações Policiais e um Caveirão fizeram incursões na comunidade em busca dos envolvidos na emboscada. Todas as Unidades de Polícia Pacificadora do Centro estão em estado de alerta.

Mais cedo, policiais militares da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) do Morro da Providência, no Centro do Rio, prenderam oito suspeitos de envolvimento com o tráfico de drogas, apreenderam dois menores e apreenderam uma quantidade não contabilizada de drogas. Não houve registro de feridos.

De acordo com a Secretaria Estadual de Segurança Pública, os agentes da UPP teriam ido checar uma denúncia, quando foram alvejados. O grupo de presos foi conduzido para a 5ª DP (Centro). A UPP do Morro da Providência, a sétima a ser implantada em comunidades do Rio, funciona desde abril do ano passado.