Polícia Civil faz nova perícia em parque de diversões onde adolescente morreu

Uma nova perícia será feita no parque de diversões onde a adolescente Alessandra da Silva Aguilar, 17 anos, morreu no último domingo (14), em Vargem Grande, na Zona Oeste do Rio. Alessandra foi atingida por um brinquedo conhecido como Tufão e não resistiu.

Segundo a delegada Adriana Belém, titular da 42ª DP, responsável pelo caso, essa nova perícia vai ratificar o posicionamento do perito, e, se possível, colher mais informações para o inquérito policial. À tarde, a delegacia vai colher o depoimento de outras vítimas, que sofreram ferimentos leves.

>> Rio: parque onde adolescente morreu não tinha alvará

>> Laudo indica 'más condições' em parque onde acidente matou jovem

>> Veja como funciona o 'Tufão', brinquedo que matou jovem em parque do Rio

>> Após acidente no Rio, dona de parque de diversões será indiciada por homicídio

O Glória Center Parque de Diversões, em Vargem Grande, na Zona Oeste do Rio, não tinha alvará da prefeitura para funcionar. Além da morte de Alessandra, outras oito pessoas ficaram feridas, sendo duas em estado grave.

Daiane Mesquita, 17 anos, e Vítor Oliveira, 16, sofreram traumatismo craniano. Francine Januário Santana, 20, fraturou a mandíbula. Duas pessoas tiveram alta: Pâmela Beatriz Santana, 17, e Ana Gabriele Vendelha, 18. Uma funcionária do parque que estava na bilheteria sofreu um corte na cabeça. 

Primeira perícia constatou problemas

Uma perícia feita ontem constatou problemas de conservação no brinquedo. O resultado deve sair em 10 dias. A 42ª DP (Recreio dos Bandeirantes) investiga o caso. 

Se for comprovada falha estrutural, a dona do parque e o engenheiro responsável pelo laudo que certificou a segurança do equipamento serão indiciados por homicídio culposo. "Vamos apurar se o carrinho estava com mais pessoas do que o permitido. O operador pode responder pelo mesmo crime", disse a delegada Adriana Belém. 

O engenheiro responsável pela vistoria e liberação de funcionamento do parque será intimado a depor e deve se apresentar até terça-feira.