Presidente da Associação de Direitos Humanos do Pavãozinho é presa

JB Online

DA REDAÇÃO - Três homens acusados de envolvimento com o tráfico de drogas foram presos durante uma operação da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core) e policiais a 14ª DP, no Leblon, no Morro Pavão-Pavãozinho e Cantagalo, em Copacabana, na manhã desta quinta-feira. A ação conta com o apoio de blindados e dois helicópteros, além de 30 agentes. O intuito é cumprir mandados de prisão, apreender entorpecentes e armas.

Citada em um inquérito que investiga o tráfica na favela, a presidente da associação de direitos humanos do morro também foi presa ao chegar na 13ª DP, em Copacabana. De acordo com a polícia, a acusada se dizia defensora dos direitos humanos para se aproximar de agentes da Unidade de Polícia Pacificadora, com intuito de passar informações para os traficantes do local. A polícia disse ainda que a mulher não sabia que tinha um mandado de prisão contra ela.