Associação de moradores de Copacabana exige ação da Prefeitura

Carlos Braga, Jornal do Brasil

RIO DE JANEIRO - O presidente da Sociedade de Amigos de Copacabana, Horácio Magalhães Gomes, diz que está em curso uma privatização do espaço público pelos novos quiosques da orla do bairro.

É preciso que a Prefeitura restabeleça uma ordem queixa-se Horácio. Os donos de quiosque fazem o que querem. Agora eles colocam jardineiras e daqui a pouco estão construindo muretas. Esses carrinhos de chope da Brahma que ficam acorrentados e estacionados em cima do calçadão até de manhã. Acho que não pode haver obstáculos entre o banhista e a praia.

Entrar com uma ação no Ministério Público é o que está cogitando a presidente da Associação de Moradores e Amigos dos Postos 2, 3, 4 e 5 de Copacabana, Cristina Reis. Ela acredita que os quiosques estão conduzindo um lento processo de ocupação do espaço público.

Eles estão tomando conta do espaço aos poucos acusa Cristina. Em breve, a gente está pagando para entrar na areia e na água. Essas jardineiras não estavam no projeto original.