Ministros sobrevoam áreas destruídas pelas chuvas em Angra

Agência Brasil

RIO - Os ministros Marcio Fortes, das Cidades, e Geddel Vieira Lima, da Integração Nacional, estarão nesta quinta-feira em Angra dos Reis, no litoral Sul do estado do Rio de Janeiro, para observar os estragos causados pelas chuvas que deixaram 52 pessoas mortas na madrugada do dia 1º de janeiro.

Os ministros seguirão para Angra dos Reis de helicóptero, em companhia do governador Sérgio Cabral e do vice-governador e secretário de Obras, Luiz Fernando Pezão.

Marcio Fortes viajou para o Rio ontem à noite e logo cedo se desloca para Angra com o ministro da Integração Nacional. Fortes segue com orientações do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, com quem conversou na quarta-feira. Ele atende também a um pedido do prefeito de Angra, Tuca Jordão.

A comitiva deve chegar às 10h45 ao Estádio Municipal, no centro da cidade, de onde se desloca para o Morro da Carioca, onde um deslizamento de terra matou 21 pessoas. Em seguida, Marcio Fortes segue para a Ilha Grande, na Enseada do Bananal, onde outras 31 pessoas morreram em consequência de um desmoronamento.