Memória: boate Help teve início new wave

Carlos Braga, Jornal do Brasil

RIO DE JANEIRO - Nem sempre a Help foi essa Babel do turismo sexual encravada em Copacabana. Já foi uma casa noturna frequentada pela juventude dourada da Zona Sul. Inaugurada em 1984 por Chico Recarey, então conhecido com o rei da noite por seus inúmeros negócios no ramo da diversão, a Help surgiu com o nome de discoteca, que era como se chamavam esses lugares nas décadas de 70/80. A boate pegou carona no auge da popularidade do rock brasileiro e do que se convencionou chamar por aqui de new wave, movimento do qual a banda B'52s era o maior expoente. Quando foi inaugurada, era considerada uma das mais modernas e bem equipadas casas noturnas do Brasil. Suas festas de Réveillon eram das mais disputadas, pela vista privilegiada da Praia de Copacabana. Na década de 90, começou o período em que a Help se tornou um dos mais famosos pontos de turismo sexual. O governo do estado decretou a desapropriação da boate, em troca de uma indenização de R$ 18 milhões, para que, no lugar, seja construída a nova sede do Museu da Imagem e do Som (MIS). No sábado, esgota-se o prazo dado pelo governador Sergio Cabral para a entrega do imóvel, que já havia sido estendido a pedido dos funcionários, que queriam aproveitar o Réveillon.