PF prende servidor por fraudar o INSS

JB Online

RIO - A Polícia Federal prendeu nesta terça-feira, em flagrante, um servidor da agência do INSS de Santa Cruz, na zona Oeste, por crime contra a Previdência Social.

O servidor foi preso quando inseria dados falsos no sistema da Dataprev para permitir a concessão de benefício assistencial (LOAS) irregular.

A diligência foi realizada em conjunto com a Gerência Executiva Norte do INSS. Iniciadas há cerca de um mês, as investigações concluíram que, somente em fevereiro deste ano, o servidor preso concedeu cerca de 200 benefícios irregulares.

Foram concedidos pelo preso três vezes mais benefícios assistenciais do que os agendados, sendo que em vários deles havia indícios de irregularidades: inexistência de processos físicos, repetição de endereços, cadastramento apenas do CEP o que gerou endereços incompletos idênticos -, e intervalo mínimo entre as concessões, chegando alguns a menos de um minuto.

Nos casos em que havia processo, o servidor não tinha realizado as consultas e autenticações de documentos necessárias. Dos benefícios concedidos, 10% foram em favor de servidores públicos aposentados.