Pão de Açúcar é excluído do concurso as 7 Maravilhas Naturais do Mundo

Eloisa Leandro, JB Online

RIO -

Depois de oito meses de campanha, a candidatura do Pão de Açúcar, um dos principais cartões-postais do Rio, no concurso as 7 Maravilhas Naturais do Mundo, foi por água abaixo. A fundação que promove o concurso, a suíça New Seven Wonders, suspendeu a Companhia Caminho Aéreo Pão de Açúcar, no dia 26. A justificativa foi em relação à adesão da iniciativa privada sem a licença contratual comercial junto à entidade. A eleição termina nesta quarta-feira.

A New Seven Wonders notificou a Companhia Caminho Aéreo Pão de Açúcar no último dia 18. Porém, a companhia reclama do prazo curto dado pela fundação suíça, até o dia 25. Segundo a diretora-geral da companhia, Maria Ercilia Leite de Castro, alega não ter tido tempo hábil por conta do fim de semana e do feriado de Natal.

- Tentamos explicar que a adesão das empresas não tinha cunho financeiro. Todo material distribuído na campanha, como camisetas e panfletos, foram confeccionados por nós e as empresas só ajudaram na distribuição. Tanto que não usamos a marca e nem o site da New Seven Wonders, usamos uma marca própria. Tentamos explicar, mas não aceitaram o que é uma pena lamenta Maria Ercilia.

Num vasto conjunto de regras impostas pela fundação suíça, a Companhia Caminho Aéreo Pão de Açúcar afirma não ter desobedecido nenhum das exigências, inclusive quanto à adesão de comercial de empresas privadas, cuja cláusula do contrato prevê licenciamento contratual.

- Agora que a campanha estava decolando levamos esse baque. Nunca desrespeitamos nenhuma das regras, o que houve foi uma interpretação errada explica a diretora-geral da companhia. Da mesma forma que escolheram o Pão de Açúcar, o excluíram.

Nem só de fel terminou a campanha. Para Ercilia, a mobilização popular e o apoio de empresas do ramo turístico estreitaram o relacionamento da companhia com diversos setores.

- Só temos a agradecer a grande adesão do carioca e das empresas que entraram na campanha. De certa forma, esta campanha contribuiu para estreitarmos relações com empresas do trade (setor) turístico. De qualquer forma o Pão de Açúcar continua a ser uma das maiores maravilhas do Rio, do país e do mundo finaliza.

Paes critica fundação

O prefeito eleito do Rio, Eduardo Paes (PMDB), criticou a decisão da New Seven Wonders ao excluir o Pão de Açúcar do concurso. Para ele, após a eleição das 7 Maravilhas do Mundo Moderno, realizada em 2007, quando o Cristo Redentor foi uma das vencedoras, a fundação cresceu os olhos .

- A fundação começou a cobrar para entrar no concurso. Mas, não acredito que isso vá prejudicar em nada o turismo do Rio avalia Paes.

Empresas associadas

Mais de 30 empresas, associações, sindicatos e órgãos públicos aderiram à campanha. Entre eles, Riotur, TurisRio, Secretaria Estadual de Turismo do Rio de Janeiro, ABIH (Associação Brasileira da Indústria de Hotéis), Rio Convention & Visitors Bureau, SindRio (Sindicato de Hotéis, Bares e Restaurantes), ABAV (Associação Brasileira de Agentes de Viagens), CNC (Confederação Nacional do Comércio), Firjan, ACRJ (Associação Comercial do Rio de Janeiro), Trem do Corcovado, ABEOC (Associação Brasileira de Empresas de Eventos), BITO (Brazilian Income Travel Organization), além do Mercadão de Madureira, Rodoviária Novo Rio, Barcas S.A, Vivo, Rotary, Lions, Botafogo Praia Shopping, Helisight, Aeroporto Galeão, Central do Brasil, Correios, Faculdade Mackenzie, entre outras.