Imagens mostram traficantes do Alemão comemorando morte de Tota

JB Online

RIO - A polícia não confirmou oficialmente o assassinato do traficante Antonio José de Souza Ferreira, o Tota - já que os corpos dele e de seus comparsas, que planejavam dar um golpe na quadrilha, foram incinerados - mas um vídeo mostra traficantes do Complexo do Alemão comemorando o assassinato do bandido que até então era o mais procurado do Rio. No video, exibido ontem pela Rede Record no programa "Domingo Espetacular", o traficante Luciano Martiniano da Silva, o Pezão - que assumiu a venda de drogas na região - aparece comandando a festa cercado de comparsas fortemente armados.

O delegado Ronaldo de Oliveira, titular da Delegacia de Roubos e Furtos de Automóveis (DRFA), considerou a festa uma afronta à polícia. Ronaldo prendeu Pezão em 2005, mas o traficante foi solto em seguida por ordem da Justiça. A comemoração teria ocorrido no Largo do Coqueiro, no epicentro da favela, e durou até de manhã. A polícia conseguiu identificar outros integrantes da quadrilha, como Mister M, Durval, V 2, Rogério e Ovo - este, professor de Jiu-Jitsu do chefão. Pezão veste roupas de grife e um grosso cordão de ouro branco. Várias mulheres aparecem exibindo anéis e cordões de ouro.

Os bandidos se exibiam para a camêra e sequer escondiam os rostos. Oliveira declarou que não via cenas como aquela "nem em filmagem da época de Pablo Escobar na Colômbia .

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais