Cedae reabre negociações salariais com funcionários em greve

JB Online

RIO - Após de 15 dias de greve, a Cedae reabrirá as negociações salariais com os funcionários. Nesta quarta-feira, às 14h, a empresa apresentará uma nova proposta aos trabalhadores, em audiência de conciliação na 1a Região da Procuradoria Regional do Trabalho do Rio (TRT/RJ).

De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores do Saneamento e Meio Ambiente (Sintsama), entidade que representa a categoria, os funcionários desconhecem o teor da nova proposta e diz o que espera da direção da Cedae.

- Esperamos que a empresa tenha bom senso e retire a proposta de demissões - afirmou o diretor de comunicação do Sintsama, Paulo Sergio Farias.

Segundo o sindicato, o processo de reestruturação da empresa não deve contar com demissões, e sim, com implantação do novo plano de cargos, carreiras e salários, e da isonomia. Os funcionários não aceitam novos benefícios em troca da cláusula de garantia de emprego, considerada uma conquista histórica da categoria.

Às 18h, haverá assembléia dos funcionários, na sede do Sintsama, na Rua Padre Telêmaco, 47, em Cascadura, no subúrbio do Rio, para avaliar a proposta da empresa.