Governo Federal capacita beneficiários do Bolsa Família no Rio

JB Online

RIO - Com a meta de capacitar 185 mil beneficiários do Bolsa Família na área da construção civil, o governo federal inicia na próxima segunda-feira a mobilização de gestores sociais de 240 municípios. O objetivo da ação de envolvimento das Prefeituras e dos governos estaduais de 12 regiões metropolitanas é detalhar as informações sobre o Plano Setorial de Qualificação (Planseq Bolsa Família). No Estado do Rio de Janeiro, 48.771 beneficiários freqüentarão os cursos.

Nesta fase, que começa na segunda-feira em São Paulo, Rio de Janeiro (RJ) e Fortaleza (CE) e termina no dia 13 de agosto em Belo Horizonte (MG), 1.200 gestores municipais e estaduais da assistência social e do Bolsa Família e coordenadores dos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) receberão informações sobre o Planseq e as formas de acompanhar os participantes da qualificação.

O Planseq Bolsa Família é conduzido pela Casa Civil da Presidência da República e pelos ministérios do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) e do Trabalho e Emprego (MTE). O objetivo é inserir, por meio da qualificação social e profissional, os beneficiários nas obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) em ocupações como as de pintor, azulejista, encanador, carpinteiro, mestre de obras, desenhista, eletricista, operador de trator, gesseiro, auxiliar de escritório e almoxarife. O setor da construção civil foi escolhido, inicialmente, por estar em plena expansão no País.

Com a capacitação, o governo pretende ampliar as oportunidades de inclusão produtiva, adequar os cursos de qualificação às necessidades locais, estimular a articulação entre os setores de trabalho e assistência social e atender à demanda do mercado por mão-de-obra qualificada. Os investimentos somam R$ 145 milhões.

Para participar do Planseq Bolsa Família, o beneficiário deve ser maior de 18 anos e possuir pelo menos a 4ª série do ensino fundamental completa. Será assegurada a participação de no mínimo 30% das mulheres.

Além desses critérios, também será levado em conta o Índice de Desenvolvimento da Família (IDF). As famílias com beneficiários nesse perfil irão receber uma carta do governo federal que explica o Planseq Bolsa Família e solicita a indicação de um de seus integrantes para se cadastrar no Sistema Nacional de Emprego (SINE), do MTE, com o objetivo de participar dos cursos.

Os cursos de qualificação, realizados por instituições contratadas pela União, Estados e municípios, terão duração de 200 horas/aula divididas em duas etapas: 80 horas de aulas teóricas e 120 horas de prática. As atividades práticas podem ocorrer no canteiro de obras.

SERVIÇO

Curso de Capacitação Planseq Bolsa Família / Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) Rio de Janeiro (RJ)

Data: De 28 a 31 de julho de 2008 (segunda a quinta-feira)

Local: Conselho Estadual dos Direitos de Mulher (CEDIM) - Auditório Heloneida Stuart - Rua Camerino nº 51 - Centro - Rio de Janeiro (RJ)