Cabral diz que segurança pública não é interesse de empresas francesas

JB Online

RIO - O governador Sérgio Cabral disse nesta terça-feira, em Paris - onde lidera missão de governo e empresarial para atrair novos investimentos ao estado -, que a segurança pública não é um impedimento à instalação de empresas francesas no Rio de Janeiro. Cabral afirmou reconhecer que a criminalidade existe e disse que o governo a está enfrentando de forma permanente.

- Não podemos jamais jogar para debaixo do tapete os problemas que temos na nossa terra. O fato é que a Comunidade Econômica Internacional percebe um Brasil que cresce e um estado que se fortalece e enfrenta o tema - disse o governador a jornalistas, após encontro com a direção da Peugeot-Citroën.

A satisfação de Cabral com a confiança dos franceses no estado foi declarada de maneira concreta. Segundo ele, o Rio é o estado com o maior número de investimentos franceses no Brasil. Tais investimentos, acrescentou, não se limitam a grandes empresas como a Peugeot-Citroën - que já tem base em Porto Real e lançou, nesta terça, o seu modelo 207, exclusivo para o Brasil.

- Prova disso foi o encontro na Câmara de Comércio e Indústria de Paris, de que participei nesta manhã, com mais de 150 empresas de pequeno, médio e grande porte, interessadas em buscar novos negócios no Rio - afirmou o governador.

Durante a manhã e o início da tarde, o governador participou de um Fórum Empresarial Franco-Brasileiro na Câmara de Comércio e Indústria de Paris. Ele estava acompanhado do presidente da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro, Eduardo Eugenio Gouvêa Vieira - parceiro na organização da missão oficial -, dos secretários de Estado Júlio Bueno (Desenvolvimento Econômico), Júlio Lopes (Transportes), Tereza Porto (Educação), Eduardo Paes (Turismo), e pelos presidentes da Investe Rio, Maurício Chacur, e do Sebrae, Sérgio Malta.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais