Jornal do Brasil

Rio - Niterói

Sequestrador é morto pelo atirador de elite

Nenhum refém foi ferido

Jornal do Brasil

Um criminoso fez 37 reféns dentro de um ônibus por três horas e meia - a maior parte na Ponte Rio-Niterói - nesta terça-feira (20). Às 9h04, o criminoso foi baleado por um atirador de elite ao descer do coletivo.

Às 9h18, a PM afirmou que o sequestrador estava morto e que todos os reféns passavam bem. A arma que ele portava era de brinquedo. 

O porta-voz da PM confirmou o óbito: "Essa é a polícia que queremos ver. Foi necessário o disparo dos snaipers para salvar as pessoas do ônibus. Ele morreu pelo atirador de elite". 

Os passageiros estão recebendo toda assistência médica.