Jornal do Brasil

Rio - Caderno Niterói

SUSTENTABILIDADE: Evento em Itaipu promove casamento na praia sem plástico

Fornecedores engajados com a sustentabilidade serão apresentados na Pousada Camarote Itaipu

Jornal do Brasil CADERNO NITERÓI, cadernoniteroi@jb.com.br

Casar na praia tem se tornado um tendência cada vez mais forte no mercado de casamentos, especialmente em cidades que têm o mar como pano de fundo. Mas apesar do cenário paradisíaco, um assunto tem merecido atenção de quem trabalha no segmento: a sustentabilidade. Afinal, grandes festas, como casamentos, normalmente geram uma enorme quantidade de resíduos descartáveis. E quando falamos em eventos realizados em ambientes naturais, a quantidade, o tipo de material e a maneira como esse descarte será realizado é ainda mais importante. E é exatamente para levantar essa discussão que o coletivo Noiva Praia RJ lançou a campanha #casarnapraialimpa, que tem como objetivo reunir fornecedores engajados em realizar casamentos sustentáveis e sem uso de materiais plásticos. A campanha #casarnapraialimpa tem evento marcado nesta terça (05), na Pousada Camarote Itaipu (Praia de Itaipu, 30).

Macaque in the trees
Campanha incentiva festas de casamento na praia livres de plástico (Foto: LCS Imagens/Divulgação)

“Há algum tempo, os chamados casamentos pé na areia têm se tornado cada vez mais comuns. Mas apesar dessa temática mais rústica e em sintonia com a natureza, poucos são os profissionais e empresas que têm a exata noção de como adequar os produtos e serviços oferecidos em casamentos tradicionais realizados em salões fechados às praias e pousadas à beira-mar. Não se trata apenas de mudar o local de uma festa, mas de, literalmente, oferecer um trabalho em conformidade com a natureza ao redor”, explica Vanessa. 

Além da campanha #casarnapraialimpa, Vanessa tem se reunido com empresários do segmento para lançar um selo que ateste a preocupação de fornecedores com a questão do meio ambiente e sustentabilidade. “Hoje, quando queremos consumir produtos livres de agrotóxicos, procuramos o selo de Orgânicos na embalagem, certo? O mesmo vai acontecer com o selo Casar na Praia Limpa. Todos os profissionais que quiserem atuar nesse mercado de forma consciente e mostrar engajamento com essa questão, precisam seguir uma série de condutas que evidenciem essas mudanças. A preocupação com o meio ambiente não é uma modinha passageira, mas uma realidade que todos devem se ajustar”, complementa.

Atualmente, nomes conhecidos do mercado de casamentos do Rio de Janeiro, como Chocoink, Lee Moscardini, Soraya Estêvão, Antonio Maciel Cakes, Brigaderia da Su, Papier Convites, Etc Coisa e Tal, a estilista Morena Andrade, o buffet do Restaurante Cigalon, em Búzios, entre outros, já estão reformulando ou chamando atenção para o fato de seus produtos e serviços estarem de acordo com a campanha. “É fundamental dizer que essa mudança faz parte de uma caminhada sustentável que veio para ficar. Nossa proposta é alcançar o nível máximo de reaproveitamento de tudo que é utilizado em um casamento, inclusive, chegando a marca de abolir em 100% o uso de plásticos e descartáveis. E isso não é fácil, especialmente quando pensamos em um segmento que trabalha com festas para um público relativamente grande, que muitas vezes pode reunir centenas de convidados em um só local. Ou seja, o que para muitos pode parecer um pequeno ajuste, como apenas tirar o plástico da embalagem de um doce ou limitar o uso de alguns descartáveis, na verdade é um trabalho muito difícil de ser feito. Mas não impossível. E precisa começar a ser realizado já”, esclarece Vanessa.

Praia de Itaipu 30