Jornal do Brasil

Rio - Caderno Niterói

TEATRO: "A Gaiola das loucas: Eu sou o que sou" estreia nesta quarta em Icaraí

Jornal do Brasil CADERNO NITERÓI, cadernoniteroi@jb.com.br

Com texto original da diretora Erika Ferreira e inspirado na obra de Jean Poiret, a Oficina Social de Teatro apresenta o musical “A Gaiola das loucas: Eu sou o que sou”. No espetáculo, Jorge é dono da casa de show A Gaiola das Loucas e recebe uma notícia que não o deixa feliz: seu único filho vai se casar com a filha de um senador conservador. O problema é que Jorge vive uma vida nada conservadora e precisa ludibriar os novos parentes. Ao mesmo tempo, o senador vive uma crise em seu partido e precisa jogar os holofotes no casamento de sua filha.

Macaque in the trees
'A Gaiola das loucas: Eu sou o que sou', inspirado na obra de Jean Poiret, estreia no Teatro Eduardo Kraichete (Foto: Bernardo Marques / Divulgação)

Com uma pegada cômica, o texto é inspirado no original francês, com dramaturgia inédita, músicas contemporâneas e coreografias criadas para o espetáculo. Para a diretora Erika Ferreira, “A Gaiola das loucas: Eu sou o que sou” trata-se de uma releitura de um clássico do teatro musical e que se faz necessário em tempos atuais. “Respeitar as diferenças foi o que me levou a escolher esta temática e este texto. Os personagens são engraçados ao mesmo tempo em que apresentam a diversidade como algo a ser respeitado. Mostra também que o que é considerado um padrão tem os seus problemas, que todos somos iguais e que a vida não se tranca dentro de um armário. ‘Eu sou o que sou’ é o grito inicial que dá o tom do que vai ser apresentado e dizendo que todos devem dançar, mesmo sem saber dançar. A vida é uma só pra ser solitário”, diz Erika.

A OST faz ainda uma grande campanha de formação de plateia por meio da oferta de ingressos gratuitos para estudantes da rede pública de ensino de Niterói e pessoas ligadas a ONGs e instituições de caridade em geral. “A mostra tem como fator prioritário discutir temas que são importantes à sociedade, tendo no palco uma excelente arma favorável à reflexão. Ao oferecer boa parte de seus ingressos, a OST cumpre com um de seus pilares de missão que é oferecer teatro de qualidade a todos colaborando, com isso, com formação de uma sociedade mais justa e igualitária”, diz o diretor da OST José Geraldo Demezio.

Ficha técnica: Direção: Erika Ferreira / Direção musical: Marconi Bruno / Coreografia: Michael Alves / Realização: Oficina Social de Teatro.

Serviço: “A Gaiola das loucas: Eu sou o que sou” / Local: Teatro Eduardo Kraichete - Avenida Roberto Silveira, 123 - Icaraí - Niterói/RJ / 06 de novembro de 2019 – 19h30 / Ingressos: R$40 / Classificação etária: 12 anos / Duração média: 105 minutos / Informações: (21) 2721-0468.