Jornal do Brasil

Rio - Caderno Niterói

CIDADE - Portais de Segurança são a nova arma contra violência

Setenta câmeras espalhadas pela cidade focarão carros roubados e emitirão alertas à polícia

Jornal do Brasil , cadernoniteroi@jb.com.br

Macaque in the trees
Policiais do 12º Batalhão da Polícia Militar de Niterói poderão identificar veículos suspeitos com mais rapidez. (Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil/Arquivo)

As 400 câmeras que já tomam conta da cidade, coibindo a violência, agora são 470. As mais recentes vão focar carros roubados em diversos pórticos nas fronteiras do município.

Ao identificar automóveis em situação irregular, elas emitirão alertas à equipe do Centro Integrado de Segurança Pública, Cisp, 24 horas por dia. Com o primeiro aviso, os carros suspeitos passarão a ser seguidos pelas outras câmeras, num verdadeiro cerco tecnológico, até que seus condutores sejam interceptados pelos guardas da unidade policial mais próxima. Com isso, Niterói passa a ser a primeira cidade do Estado a contar com "cercamento inteligente eletrônico", diz o prefeito Rodrigo Neves. Ele enfatiza que se trata de uma "ferramenta indispensável de inteligência no enfrentamento à criminalidade".

O sistema também vai acessar automaticamente registros de ocorrências relativos aos automóveis suspeitos, ao cruzar dados com arquivos da polícia. Por exemplo: tratando-se de um carro roubado, a tecnologia saberá a data, local e hora do furto, bem como a identificação dos legítimos proprietários. A cidade de Vitória, no Espírito Santo, que conta com sistema similar, reduziu os crimes à metade, em janeiro e fevereiro deste ano, informa o coronel Paulo Henrique de Moraes, secretário executivo do Gabinete de Gestão Integrada de Niterói.

O prefeito anunciou que os índices de violência na cidade reduziram consideravelmente (19,34% em roubo de rua e 15,54% em roubo de veículo). A Prefeitura paga integralmente os salários dos policiais do "Niterói Presente" e do "Proeis" (Programa estadual de Integração na Segurança), e também custeia o "Regime Adicional" dos guardas municipais. Niterói também já conta com uma filial do "Disque Denúncia".

"Com as novas câmeras, teremos uma logística ainda maior para as ações, uma vez que levantaremos quais os percursos feitos pelos veículos sinalizados", diz o comandante do 12º Batalhão da Polícia Militar de Niterói, tenente-coronel Sylvio Guerra.