Jornal do Brasil

Rio - Caderno Niterói

EDUCAÇÃO - Autoridades vão discutir destino do Liceu nesta sexta

Colégio tradicional passa por crise; até as instalações elétricas preocupam

Jornal do Brasil , cadernoniteroi@jb.com.br

Macaque in the trees
O Liceu Nilo Peçanha, tradicional colégio niteroiense, será tema de audiência pública na Câmara Municipal (Foto: Victor Rocha/divulgação)

Ex-aluno do Liceu Nilo Peçanha, como a maioria dos formadores de opinião da cidade, o vereador Leonardo Giordano, do PCdoB, vai receber um monte de gente interessada no destino do tradicional colégio, nesta sexta (17), na Câmara Municipal, em uma audiência pública. O Liceu vive uma fase bastante preocupante.

O encontro vai começar às 14h. São aguardadas as presenças do secretário estadual de Educação Pedro Fernandes, do deputado estadual niteroiense Flavio Serafini (Psol), que é presidente da Comissão de Educação da Alerj, das deputadas federais Jandira Feghali (PCdoB) e Talíria Petrone (Psol), de Ana Clara Cunha Sisterollli, do Movimento Ajeita Liceu, de Ana Maria Queiroz, diretora do colégio, além de representantes do Sindicato Estadual dos Profissionais da Educação (Sepe) e da União Estadual dos Estudantes (UEES).

As instalações elétricas do Liceu andam precárias, não há climatização, e a acessibilidade é nota zero. Até o elevador, que chegou em 2008, deu defeito e nunca mais voltou a funcionar. 

Leonardo, que foi também presidente do grêmio estudantil liceísta e é autor da Lei 3.227/2016, que tombou o conjunto arquitetônico do colégio, diz que "a situação do Liceu não é muito diferente das demais escolas estaduais".