Jornal do Brasil

Rio - Caderno Niterói

CULTURA - Curso concorrido de fotografia tem vagas abertas

Quatorze aulas de três horas cada ensinam como começar a carreira

Jornal do Brasil , cadernoniteroi@jb.com.br

Fundada em 1944, durante a Segunda Guerra, pelo famoso mineiro (de Santa Rita do Sapucaí) Jayme Moreira de Luna, a Sociedade Fluminense de Fotografia tem formado inúmeros e renomados artistas das lentes em Niterói. E tudo surgiu despretensiosamente, em um porão na Avenida Sete, em Icaraí, pelas mãos de um grupo de amigos apaixonados por fotografia.

Hoje em sede própria, na Rua Doutor Celestino, Centro da cidade, a SFF anuncia novas datas para o disputado curso básico, porta de entrada naquela que é muito mais que uma escola, mas um centro cultural, ponto de encontro de gente que curte uma boa conversa e, claro, belas imagens.

Ministrado pelos professores Antonio Paiva, Herbert Macário, Joanna Kossatz, Lívio Campos, Mariana Pêgas e Shayane Lima, o curso básico conta com 14 aulas de três horas de duração cada. São elas: 1) Introdução à História da Fotografia, a câmera fotográfica (corpo, visor, telêmetro, modos de focagem, obturador e fotômetro) e tipos de câmeras (quanto ao formato e quanto ao sistema); 2) Objetivas fixas e variáveis (padrão, grandes-angulares, teles, zoom e macro), distância focal, luminosidade / abertura efetiva, efeitos visuais das objetivas, zoom ótico e zoom digital e fator de corte; 3 e 4) Teoria e prática fotográfica sobre exposição (ISO, abertura do diafragma e velocidade do obturador), prioridade de abertura e de velocidade, modos de medição de luz (pontual, parcial e matricial), tipos de arquivos (RAW, TIFF e JPEG) e balanço de branco (WB); 5) Filmes, sensores (CCD e CMOS) e filtros (de proteção e de efeito); 6) Composição - com exercício prático;

7) Aula prática em estúdio – luz contínua;  8) Tipos de flash, modos do flash (manual, automático, TTL e RPT/MULTI), uso do flash nas diferentes cortinas, velocidade de sincronismo, flash de preenchimento e número guia; 9) Aula prática em estúdio (flash de estúdio); 10) Revisão prática dos assuntos trabalhados; 11) A saída do arquivo digital (transferir, salvar, editar e armazenar), cartões de memória, pixel e megapixel, resolução, delay, interpolação, apresentação de trabalhos; 12) Introdução técnica ao laboratório P&B; 13) Revelação de filme; 14) Ampliação em papel.

Macaque in the trees
A Sociedade Fluminense de Fotografia fica na Rua Dr. Celestino (Foto: Divulgação/SFF)

Jayme, que morreu em 1999, aos 85 anos, ganhou tanta projeção com a fundação da SFF, que recebeu o título máximo da Féderation Internationale de L’Arte Photographique, com sede em Berna, na Suíça.

Consta também na rica história da instituição o envio de imagens das nossas belezas naturais a diversas representações diplomáticas mundo afora, a pedido do Itamaraty, em uma época em que vários países se queixavam da falta de fotografias do Brasil. Jayme organizou coleções de 50 fotos cada uma e remeteu para os principais países do mundo.

Mais informações no site da SFF.

Serviço

Curso Fundamental de Fotografia / Dia: 3ª e 5ª feiras - Tarde / Horário: 14h às 17h / Duração: 14 aulas / Valor: R$690,00 / Forma de pagamento: débito à vista / ou 3x sem juros no cartão de crédito / Início: 07/05/2019.