Rio

Operação vai destruir cerca de 16 mil armas no Rio de Janeiro

Material foi apreendido durante Operação Rolo Compressor III

Cerca de 16 mil armas apreendidas serão destruídas nesta sexta-feira (26) durante a Operação Rolo Compressor III, conduzida pelo Exército Brasileiro. Há três anos a iniciativa se repete com o objetivo de conscientizar os cidadãos brasileiros sobre a violência armada.

Macaque in the trees
Exemplo de destruição do material no Batalhão de Manutenção e Suprimento de Armamento, em Deodoro, na zona oeste do Rio de Janeiro. (Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil/Agência Brasil)

O material será destruído no período da manhã, no Batalhão de Manutenção e Suprimento de Armamento, em Deodoro, na zona oeste do Rio de Janeiro.

 

Esses armamentos apreendidos foram considerados inúteis para a continuidade de processos judiciais a que estavam relacionados. Por isto, receberam a ordem de destruição por magistrados. As armas nessa situação são encaminhadas à destruição ou à doação a órgãos de segurança pública e às Forças Armadas.