Jornal do Brasil

Rio

Circulação é normalizada no pontilhão sobre a Avenida Francisco Bicalho

Jornal do Brasil

Às 12h30 de hoje, a SuperVia concluiu a manutenção emergencial de duas linhas da ponte ferroviária que passa sobre a Avenida Francisco Bicalho, no Centro, e a circulação de trens foi normalizada no local. O serviço foi necessário depois que o motorista de um caminhão desrespeitou a sinalização e se chocou com a estrutura da ponte ferroviária na manhã de hoje. Desde às 11h28, alguns trens do ramal Deodoro não realizavam paradas na estação Praça da Bandeira e composições de outros ramais circularam pelo local com a velocidade reduzida. A ocorrência não afetou os intervalos das partidas. A todo momento, os passageiros foram informados sobre a situação por meio do sistema de áudio e pelos canais digitais da concessionária. 

Essa foi a segunda colisão de veículos com a mesma ponte em menos de 48 horas. No início da tarde do último sábado (08/06), outro motorista de caminhão já havia desrespeitado a sinalização e se chocado com a estrutura. A equipe técnica da empresa também precisou fazer uma manutenção emergencial em uma das linhas e na estrutura do pontilhão, concluída durante a noite de sábado. Como os serviços foram realizados em uma linha na qual não há circulação de trens nos fins de semana, a operação não foi alterada. Os trens circularam pelas demais vias. 

A SuperVia ressalta, no entanto, que o principal prejuízo causado por esses acidentes contra a ponte ferroviária é o risco que acarreta à segurança da operação e, consequentemente, à vida dos seus passageiros e funcionários. A concessionária lembra que a segurança estrutura cabe ao poder público e a empresa não tem poder legal para atuar de forma a exigir o cumprimento às leis de trânsito.